PORTAL NIPPO-BRASIL
 
Dúvidas de Sexo

 
 
Parceiros NJ
 
A vida sexual feminina>>Útero virado (retrovertido)
Estou grávida e tenho o útero retrovertido. Isso é um problema na hora do parto normal? (Liliane)

Liliane, o útero retrovertido só pode determinar algum problema quando você estiver entre o terceiro e o quarto mês de gestação, mas se estiver fixo ("encarcerado"), situação em que pode haver uma retenção urinária. Passada essa fase a gravidez, transcorre normalmente como em qualquer posição uterina.

Dr. Eddy Nishimura é ginecologista e obstetra do Hospital Santa Cruz

Estou grávida de 6 semanas e o médico disse que tenho o útero virado. O bebê corre risco? E eu, corro algum risco? (Patricia)

Normalmente não há problemas, Patrícia. Uma complicação que pode ocorrer, mas que não é muito comum, é a retenção urinária até o terceiro mês de gravidez, devido ao crescimento uterino. No entanto, passados os três meses, a gravidez transcorre como outra qualquer.

Dr. Eddy Nishimura é ginecologista e obstetra do Hospital Santa Cruz

Em 2004, sofri aborto espontâneo de uma gravidez de menos de 2 meses. No final do ano acredito ter sofrido outro aborto, mas de menos tempo (não fiz teste de comprovação). No início de 2005 engravidei e tive uma gestação de 38 semanas sem problemas, a não ser os inconvenientes de enjôos e azias. Meu filho já está com 1 ano e 3 meses e quero engravidar novamente. Fiz exames preliminares e descobri que tenho útero retrovertido e bicorno. Isso tem alguma implicação? Poderia ser a causa do aborto? Posso engravidar sem problemas ou terei que fazer tratametos? (Se)

Se, na presença de malformação genital a incidência de abortamento é maior e pode ser que, no seu caso, a causa seja uma hipoplasia (déficit no desenvolvimento do útero) e o tratamento para desenvolvê-lo são as gravidezes sucessivas. Outra causa associada ao útero bicorno é a incompetência istmo-cervical em que o colo do útero não consegue "segurar" a gravidez, mas parece não ter sido o seu caso. Portanto, com relação ao útero bicorno, não há tratamento que deva ser realizado para evitar um aborto.

Dr. Eddy Nishimura é ginecologista e obstetra do Hospital Santa Cruz

O que quer dizer acúmulo de líquido no útero? Quais as conseqüências que isso pode trazer a longo e a curto prazo? Fiz dois exames transvaginais, um no início do ano e agora no final. Os dois constataram isso. Estou preocupada! Antes de engravidar não tinha problema ginecológico algum, depois de dois anos que tive minha filha essas coisas começaram a acontecer. Será que isso tem alguma relação com a gravidez? (Déia)

Déia, isto é um achado mais freqüente na pós-menopausa, quando pode acontecer uma estenose no canal do colo do útero. No seu caso, provavelmente não deve ter maiores conseqüências, mas uma boa análise só é possível através de dados de histórico médico, como, por exemplo, antecedentes de infecções, de exame genital clínico e de exames complementares.

Dr. Eddy Nishimura é ginecologista e obstetra do Hospital Santa Cruz.

Tenho útero virado,e desde março estou tentando engravidar, mas ainda não tive sucesso.Meu médico disse que isso não é empecilho, para que eu engravide.O que posso fazer? Mesmo com o útero virado posso engravidar? Em quanto tempo isso pode ocorrer? Espero resposta. Obrigada! (Alexandra)

A retroversão uterina é uma das posições em que o útero pode estar na pelve e só é patológica quando isto acontece devido à fixação do útero nessa posição devido à um processo inflamatório pregresso. Se houve um processo inflamatório isto pode ter afetado as trompas uterinas e seu funcionamento normal. Caso não haja este antecedente a retroversão é normal, não afetando a capacidade de concepção. Portanto Alexandra, não há necessidade de transar de "ponta cabeça", OK?

Dr. Eddy Nishimura é ginecologista e obstetra do Hospital Santa Cruz.

Parei de tomar pílula há dois anos para tentar engravidar. Estou tentando há 5 meses e ainda não consegui. Fiz ecografia transvaginal, deu normal e que meu útero é virado. Queria saber se isso pode atrapalhar. A ansiedade também pode influenciar?

O útero retrovertido por si só não é fator de infertilidade. No entanto, algumas doenças como endometriose podem causar aderências e retroversão uterina e, aí sim, causar infertilidade. Com 2 anos de tentativa acredito que deva procurar uma clínica especializada em reprodução humana. Não deixe passar muito tempo, pois, os resultados do tratamento são inversamente proporcionais ao tempo de infertilidade.

Dr. Rodrigo Borsari é ginecologista do Hospital Nipo-Brasileiro.

Meu útero é retroverso, tenho 22 anos e quero engravidar. Minha médica disse que devo, após a ejaculação, deitar de bruços ou colocar um travesseiro embaixo do bumbum, para facilitar o transporte dos espermatozóides. Que a retroversão dificultava, mas não impedia. No entanto, quero confirmar se ela está certa mesmo. Uma outra amiga me disse que seu professor falou que a dificuldade não era engravidar e sim pra segurar o bebê na barriga. Um outro médico da minha amiga disse que o útero retroverso impedia a gravidez. Estou cansada de tantas informações contraditórias. Posso ou não engravidar mesmo tendo o útero malditamente retroverso? Estou aborrecida. Obrigada.

A retroversão uterina quer dizer útero fletido para trás. Isto pode ser normal ou não, sendo nesse último caso associado a aderências que o fixaram nessa posição como, por exemplo, uma infecção genital pregressa. Nesse último caso sim, pode haver dificuldade em engravidar devido às aderências e alterações tubárias em conseqüência dessa infecção. Mas se não é esse o caso, esqueça o termo malditamente retroverso, você é normal e não precisa na minha opinião, daquelas medidas do travesseiro e posição de bruços, ok?

Dr. Eddy Nishimura é ginecologista e obstetra do Hospital Santa Cruz.

Tenho o útero retrovertido e o istmo cervical muito estreito. Desde que iniciei a minha vida sexual, sinto dores demasiadas na relação, e não gosto mais de fazer sexo. Por isso, fui ao médico e ele disse que não tem nada a ver, que talvez eu precise de acompanhamento psicológico. Perdi dois bebês com 4 semanas, realmente não tem relação com o fato de eu ter o útero retrovertido fixo?

A dor às relações e a retroversão fixa podem indicar processo infeccioso genital pregresso, mas provavelmente não é a causa dos abortamentos. Se a sua intenção é engravidar, um especialista na área da esterilidade poderia esclarecer melhor o seu quadro e tratamento. Converse com o seu médico sobre isso.

Dr. Eddy Nishimura é ginecologista e obstetra do Hospital Santa Cruz.

 


• Medicamento Proibido
Orgasmo Feminino
Últimas
Dúvidas sobre sexo
ABC do sexo
Mitos e inverdades
As 10 perguntas
sobre a 1ª vez

Sexologia Forense
Terapia Sexual
Violência Sexual
 
  © Copyright 2001 - 2013 Portal NippoBrasil - Todos os direitos reservados
 
-