PORTAL NIPPO-BRASIL
 
Dúvidas de Sexo

 
 
Parceiros NJ
 
A vida sexual feminina>>Contraceptivo

Coloquei Implanon quando estive no Brasil há quase 3 anos. Agora ele está para vencer e não sei como me prevenir. Posso tomar pílula (Diane 35) a partir da data do vencimento do Implanon? Aqui no Japão os médicos não conhecem esse método anticonceptivo e, por esse motivo, falaram que não podem removê-lo.Teria algum problema se eu começar a tomar pílula com o implante vencido ainda injetado no braço, já que aqui eles não irão removê-lo? Aqui os médicos também não quiseram fazer uma resonância magnética por causa do Implanon, não entendi o por quê disso. No Brasil também não posso fazer esse exame? (Miriam)

Miriam, o Implanon deve ser retirado após três anos, pois findo esse período ele perde seu efeito anticoncepcional. Caso isso não seja possível nesse momento, faça tão logo seja possível. A pílula pode ser iniciada, mas seu médico é que deverá se responsabilizar por essa prescrição, portanto consulte seu médico aí no Japão. A ressonância ou a ultrassonografia são dois métodos usados para localizar o implante quando ele não está palpável no braço por ocasião da retirada (não é visualizável na tomografia ou RX), portanto não vejo motivo para não realizar uma ressonância magnética por outros motivos.

Dr. Eddy Nishimura é ginecologista e obstetra do Hospital Santa Cruz

Já tentei utilizar vários tipos de anticoncepcionais (adesivos, pílulas e injetáveis), mas todos me causaram o mesmos problemas, como diminição da libido e depressão. Gostaria muito de encontrar um método seguro que não me causasse estes sintomas. Utilizo regularmente Cloridrato de Sertralina, pois tenho TOC e não sei se a combinação deste remédio com os anticoncepcionais pode ser problemática. Gostaria de saber se os novos anticoncepcionais combinados (Mirelle, Minesse, Siblima) poderão ter um melhor efeito sobre meu organismo. (Francine)

Francine, como os anticoncepcionais causaram os efeitos colaterais de depressão e redução da libido, converse com seu médico para avaliar uma outra alternativa não hormonal para você, ok?

Dr. Eddy Nishimura é ginecologista e obstetra do Hospital Santa Cruz

Minha namorada usa adesivo Evra! Tem usado devidamente bem segundo as instruções! E acontece que dias antes de retirar o adesivo aparece apenas duas gotas de sangue seco! Qual será a situação dela? Poderá estar gravida?Obrigado! (Paulinho)
Paulinho, se o adesivo foi usado corretamente, muito provavelmente não há porque se preocupar. Providencie uma consulta para ela no ginecologista para ter certeza que está tudo bem.

Dr. Eddy Nishimura é ginecologista e obstetra do Hospital Santa Cruz.

Fiz prevenção e a doutora me passou uma pomada para ser usada em sete dias e um comprimido dose única. Após terminar esses medicamentos posso ter relações? (Cauzinha)

Cauzinha, via de regra sim, mas essa dúvida deve ser tirada pela sua médica. Ligue para ela, OK?

Dr. Eddy Nishimura é ginecologista e obstetra do Hospital Santa Cruz.

Queria saber como faço para somar a tabelinha para saber meu período fértil. (Sirlei)

Sirlei, você deve observar durante seis meses a duração de cada ciclo menstrual. A duração de cada ciclo é dada contando-se os dias a partir do 1º dia menstrual até o dia que antecede a próxima menstruação. Determina-se então nesse seis meses o ciclo mais curto e o mais longo. Do ciclo mais curto subtrai-se 18 dias determinando-se o início do período fértil e do ciclo mais longo subtrai-se 11 dias, chegando-se ao final do ciclo fértil. Portanto quanto mais irregular o ciclo, maior deverá ser o período de probabilidade fértil e maior período de abstinência. Por exemplo, se você teve em seis meses ciclos que variaram de 28 à 35 dias o período de abstinência deverá se iniciar no 10º dia do ciclo (contados à partir do 1º dia menstrual) até o 24º dia desse ciclo.

Dr. Eddy Nishimura é ginecologista e obstetra do Hospital Santa Cruz.

Tenho 21 anos. Não tenho filho e não tomo nenhum anticoncepcional, mas gostaria muito de colocar DIU. É possível? Não pretendo ter filho tão cedo. (Juliana)

Sim, dependendo de algumas condições é possivel

Dr. Kendy Kumagai é ginecologista do Hospital Nipo-Brasileiro.

Após colocado o DIU, tenho que aguardar algum tempo para voltar a ter relações sexuais? (Milla)

O DIU torna-se efetivo somente 30 dias após a sua colocação, devendo-se antes verificar se a sua posição está correta ou se não ocorreu a sua expulsão. As relações podem ocorrer antes, porém recomenda-se o uso de outro método contraceptivo até completar os 30 dias e confirmar-se a sua correta posição pelo ginecologista. Recomenda a revisão a cada 6 meses.

Dr. Kendy Kumagai é ginecologista do Hospital Nipo-Brasileiro.

Qual o método contraceptivo que menos influi na perda da libido?

Os métodos não hormonais (preservativos e DIU) em geral não alteram a libido.

Dr. Kendy Kumagai é ginecologista do Hospital Nipo-Brasileiro.

Gostaria de saber se a pílula vaginal Lovelle também pode ser administrada via oral, pois fui informada pela médica que sim. Já o médico que me acompanha há vários anos não acha prudente. Esta pílula foi a única até hoje que não me deu efeitos colaterais. Se não for recomendada a administração via oral, gostaria de obter o nome de uma pílula oral com a mesma composição de Lovelle.

Eu também não recomendo o uso por via oral. Pílulas via oral com a mesma composição do Lovelle (etinilestradiol e levonorgestrel) são: Ciclo 21, Gestrelan, Microvlar, Neovlar e Nordette. No entanto, a dosagem dos hormônios muda de pílula para pílula e geralmente a via vaginal apresenta menos efeitos colaterais por apresentar ação mais localizada e menos sistêmica.

Dr. Rodrigo Borsari é ginecologista do Hospital Nipo-Brasileiro.

Gostaria de saber se o anel vaginal, que possui etonogestrel, 15 msg + etinilestradiol, 120 mcg, interfere na libido, como os outros anticoncepcionais hormonais. Li que o anel vaginal não interfere na proteína SHBG, isso é verdade?

Acredito que sim, pois a ação do anel tende a ser mais local e, portanto, apresentar menor interferência sistêmica como nos níveis séricos de SHBG, por exemplo.

Dr. Rodrigo Borsari é ginecologista do Hospital Nipo-Brasileiro.

Gostaria de saber se quando a mulher usa DIU e desloca para a cervix, é necessario retirar ou pode reintroduzi-lo. Quando há a expulsão total do DIU, o que se deve fazer?

Depende dos motivos que levaram à sua movimentação. Por exemplo, se a causa foi um mioma que se desenvolveu alterando a cavidade uterina, não há dúvidas que não poderá ser inserido outro DIU. No seu caso em que ele se movimentou e estava no colo uterino, ele deveria ser retirado e um outro pode ser inserido desde que haja condições para isso, não se utilizando o mesmo DIU. Caso haja expulsão total o raciocínio é o mesmo.

Dr. Eddy Nishimura é ginecologista e obstetra do Hospital Santa Cruz.

 


• Medicamento Proibido
Orgasmo Feminino
Últimas
Dúvidas sobre sexo
ABC do sexo
Mitos e inverdades
As 10 perguntas
sobre a 1ª vez

Sexologia Forense
Terapia Sexual
Violência Sexual
 
  © Copyright 2001 - 2013 Portal NippoBrasil - Todos os direitos reservados
 
-