PORTAL NIPPO-BRASIL
 
Dúvidas de Sexo

 
 
Parceiros NJ
 

Eu e meu marido não vínhamos mantendo relações regularmente. Quando acontecia, usávamos preservativo. Nos últimos dias, tivemos relação e não mais usando camisinha. Ele começou a sentir ardência, coceira e uma certa dor no pênis. Logo depois, eu também. Já andei me informando e parece que pode ser candidíase. Tem alguma coisa que posso fazer sem precisar ir a um médico? (Lucelia)

Cara Lucelia, o ideal é que vocês passem por uma consulta médica. Pela sintomatologia descrita deve realmente ser uma candidíase. Infelizmente, a prescrição de um medicamento não é o objetivo nem pode ser realizada aqui por questões éticas, ok?

Dr. Eddy Nishimura é ginecologista e obstetra do Hospital Santa Cruz

Tenho 32 anos e há seis anos tenho candidíase freqüentemente. Já usei muitos medicamentos receitados por medicos e até por conta, porque não agüento mais essa situação. Será que o uso de muitos medicamentos pode ter levado o meu organismo a não reagir mais a candidíase? (Patricia)

Patricia, seu caso tem de ser analisado para verificar se existe um fator predisponente para essa candidíase recidivante ou até mesmo o diagnóstico possa ser outro. Alguns fatores podem estar associados ao aparecimento da candidíase como hábitos de vestimenta (calças apertadas, calcinhas de tecido sintético sem forro que absorva as secreções), uso de antibióticos ou outros medicamentos que interfiram no estado de defesa do organismo, uso de pílula, queda no estado imunitário, uso freqüente de piscinas, distúrbios hormonais, etc. Converse com seu médico sobre suas preocupações e tenha certeza que isso será resolvido, ok?

Dr. Eddy Nishimura é ginecologista e obstetra do Hospital Santa Cruz

Nos últimos 3 anos minha esposa tem tido crises de candidíase. Fazemos o tratamento juntos e os sintomas desaparecem. Nos últimos 6 meses somente eu apresento os sintomas da doença como vermelhidão e coceira no prepúcio, além de dores e ardência durante e após a relação sexual. Percebi também que os sintomas diminuem quando passo por um período de abstinência, o que compreende mais ou menos uma semana. Ressalto que nesse período ela tem feito exames periódicos e não foi diagnosticada candidíase. O que pode ser isso? (João)

Oi João. Como sua esposa tem realizado a parte dela, torna-se importante você pesquisar o lado masculino. Por exemplo, poderá estar com um pré-diabetes e não saber. Poderá estar com uma micose também. Parece-me que você não é operado da fimose, então, que tal dar uma passadinha com um urologista? Dr. Osvaldo Koga é urologista do Hospital Nipo-Brasileiro

Faço exames de preventivo a cada seis meses e sempre dá negativo para HPV, mas sempre tem esporos de monília. Sei que ela é o famoso sapinho genital, ou seja, cândida. Trato com Nistatina e dose única de Fluconazol . Os sintomas como coceira e dores ao fazer sexo e o corrimento branco desaparecem , mais as bolhas no clitóris causadas pela infecção não somem . Gostaria de saber como faço para acabar com essas bolhas uma vez que eu e meu parceiro nos tratamos ,e ele também está com elas no genital . Enquanto essas bolhas do sapinho persistir, vou estar sempre contaminando outras pessoas? Como faço para curá-las? E saber se o diagnóstico de meu médico está correto, uma vez que ele me disse que a minha vagina é assim! (Tatiana)

Tatiana, sempre é preciso saber se há algum fator predisponente para que a infecção sempre volte. Uma série de fatores como hormonais, uso de antibióticos ou anticoncepcionais hormonais, hábitos de vestimenta, presença de doenças como diabetes, época ou em que situações surgem, para eventualmente tratar ou afastar tais condições. Quanto às lesões no clitóris, elas devem ser avaliadas, pois normalmente uma candidíase tratada não deixa lesões.

Dr. Eddy Nishimura é ginecologista e obstetra do Hospital Santa Cruz

Eu e meu namorado começamos a ter relações sexuais há pouco tempo e começamos a ter uns sintomas estranhos. Sentimos ardências e parecem existir cortes em algumas partes dos nossos órgãos sexuais um pouco depois da relação. As ardências incomodam bastante. Acredito que seja vaginite. Caso seja, o que devo fazer? Como é o tratamento? É demorado? Terei que parar de ter relações sexuais por algum tempo? (Lee)

Lee, pode ser que seja uma vaginite por candida pela descrição dos sintomas. Procure um ginecologista para confirmar. O tratamento é simples e rápido. Na vigência de um tratamento é necessária a abstinência caso haja dor nas relações, senão ela são permitidas com o uso de preservativo.

Dr. Eddy Nishimura é ginecologista e obstetra do Hospital Santa Cruz.

Eu era virgem e estava com coceira, corrimento, vermelhidão e ardor na vagina. Fui na ginecologista, fiz exame e deu que era cândida. Já fiz todo tipo de tratamento e ja tomei todo tipo de remédio, mas não parou. Nunca pára, é constante. Transei com um cara e depois disso tenho muitas dores e sangramento depois das relações sexuais. Isso pode ser alguma inflamação no útero, pois não fui curada da minha cândida? Pode ocorrer aguma coisa mais grave? (Cacau)

Cacau, creio que não haja algo mais grave, mas a persistência dos sintomas indica a necessidade de uma reavaliação de seu caso. Agende uma consulta ginecológica para averiguar a possibilidade de uma infecção, que pode ser de uma simples candidíase até uma DST, certo?

Dr. Eddy Nishimura é ginecologista e obstetra do Hospital Santa Cruz.

Eu estou com um mau cheiro muito forte na vagina. Acredito que também esteja com candidíase, corrimento amarelado e também minha libido sexual está em baixa com meu marido. Quase não sinto vontade sexual. Gostaria que indicasse um remédio apropriado para controlar meu ph. O que pode ser em relação à falta de desejo sexual? É fisico ou psicológico? (Suzy)

Suzy, agende uma consulta ginecológica para o tipo de corrimento seja determinado. Quanto à questão da libido pode ser que o desconforto do odor e eventuais sintomas que possam ser ocasionados pelo corrimento interfiram no seu desejo sexual. Após o tratamento, seu médico poderá avaliar a necessidade de uma terapia caso persista a redução da libido.

Dr. Eddy Nishimura é ginecologista e obstetra do Hospital Santa Cruz.

Tenho candidíase freqüentemente a cada dois meses. Sempre faço o tratamento, mas volta de novo. O que será que está acontecendo? Pode ser alguma coisa do organismo? (Sol)

Geralmente as mulheres que apresentam candidíase de repetição possuem alguma alteração no seu organismo que promova a multiplicação dos fungos. As doenças como o Diabetes Mellitus e o uso de antibióticos podem provocar a candidíase. As mulheres com candidíase de repetição que não tem nenhuma doença metabólica associada poder ser portadoras de defeitos específicos do seu sistema imunológico.

Dr. Kendy Kumagai é ginecologista do Hospital Nipo-Brasileiro.

Tenho candidíase freqüentemente a cada dois meses. Sempre faço o tratamento, mas volta de novo. O que será que está acontecendo? Pode ser alguma coisa do organismo? (Sol)

Geralmente as mulheres que apresentam candidíase de repetição possuem alguma alteração no seu organismo que promova a multiplicação dos fungos. As doenças como o Diabetes Mellitus e o uso de antibióticos podem provocar a candidíase. As mulheres com candidíase de repetição que não tem nenhuma doença metabólica associada poder ser portadoras de defeitos específicos do seu sistema imunológico.

Dr. Kendy Kumagai é ginecologista do Hospital Nipo-Brasileiro.

Olá, tenho candidíase de repetição. Todo mês ela aparece. Um pouco antes de vir a menstruação, começa o corrimento. A minha médica já fez tudo que é tipo de exame e não consta nada. Já fiz vários tratamentos, mas todo mês ela aparece. Daí tomo o Cetoconazol e desaparece, mas no mês seguinte volta tudo. Não sei mais o que fazer. O que posso fazer para isso acabar? Obrigada. (Adriana)

Adriana, como você tem sintomas pré-menstruais semelhantes à candidíase, pode ser que você tenha o que chamamos de vaginose citolítica, ou seja, uma condição que ocorre devido basicamente à acidez vaginal. Se isso ocorre, é preciso investigar se há algum problema que leve a essa acidez. Como paliativo, enquanto isso, você pode realizar ducha vaginal com bicarbonato de sódio por duas a três vezes no período de sete a dez dias antes do inicio da menstruação, mas devo lembrar que isso não trata a causa. Em decorrência dessa acidez, você pode eventualmente ter uma vaginite por cândida, mas a característica dessa situação é um corrimento fluido com prurido associado à ausência de fungos no exame bacteriológico

Dr. Eddy Nishimura é ginecologista e obstetra do Hospital Santa Cruz.

Há dois meses, tive fungos e fiz um tratamento com Sporanox e Gyno Icaden. Só que voltou. Gostaria de saber porque isso acontece e se posso transmitir para o meu namorado. (Camila)

Camila, a candidíase vaginal é muito freqüente e a recorrência dessa infecção pode ocorrer por diversas causas, incluindo: deficiência da defesa do organismo (imunidade) associado a stress, má alimentação, doenças como HIV e Diabetes; alterações do Ph na vagina por medicamentos (antibióticos, pílulas), hábitos inadequados de higiene (duchas vaginais), de vestuário (calcinha de lycra, protetores íntimos diários); além de diagnósticos equivocados. Não se preocupe, a candidíase não é considerada uma doença sexualmente transmissível.

Dr. Rodrigo Borsari é ginecologista do Hospital Nipo-Brasileiro.

Estou com cândida e arde muito. Enquanto o medicamento não a cure totalmente, existe algo que eu possa fazer para diminuir a ardência e a dor? (Maria)

Sim , você pode realizar banhos de assento com água e bicarbonato de sódio (1 litro de água morna para 1 colher de café de Bicarbonato de Sódio).

Dr. Kendy Kumagai é ginecologista do Hospital Nipo-Brasileiro.

Tenho 21 anos. Fui à ginecologista e descobri que tenho uma ferida no colo do útero e candidíase. A ferida é fácil de sarar com o tratameto à base de cremes vaginais ou é necessário fazer cauterização? A candidíase associada com a ferida pode trazer maiores complicações? O que causa a ferida no colo do útero?

Quando os cremes vaginais não melhoram as "feridas" no colo uterino a cauterização pode ser realizada, porém sempre precedidos pelo exame Papanicolau e da Colposcopia. A Candidíase é uma forma de corrimento vaginal muito comum na mulher e que mesmo associada a "ferida" no colo uterino não costuma provocar maiores complicações, basta tratar corretamente. A "ferida" no colo uterino que chamamos de ectrópio, na verdade é uma exposição do epitélio delgado de dentro do canal uterino que se exterioriza para a parte externa do colo, provocando dor e sangramento. O seu aparecimento está relacionado a processos irritativos constantes e ao estímulo hormonal (por exemplo que toma pílulas).

Dr. Kendy Kumagai é ginecologista do Hospital Nipo-Brasileiro.

Cândida sp (hifas e esporos) é o mesmo que candidíase? Como se trata a cândida sp e como ela surge?

A candidíase vaginal é a infecção pela cândida, que é uma espécie de fungo. Pode ser tratado tanto por via oral como por via vaginal. Ela pode surgir associada à uma série de situações como diminuição da imunidade, tipo de roupa utilizada (calças apertadas, calcinhas de tecido sintético), uso de medicações (antibióticos, corticoesteróides, imunodepressores), distúrbios hormonais, gravidez, etc.

Dr. Eddy Nishimura é ginecologista e obstetra do Hospital Santa Cruz.

Quero engravidar e estou com candidíase. Se eu engravidar, tem algum problema ?

A candidíase não causa malefícios à gravidez, pois geralmente é facilmente tratada. Providencie uma consulta com seu ginecologista.

Dr. Eddy Nishimura é ginecologista e obstetra do Hospital Santa Cruz.

 


• Medicamento Proibido
Orgasmo Feminino
Últimas
Dúvidas sobre sexo
ABC do sexo
Mitos e inverdades
As 10 perguntas
sobre a 1ª vez

Sexologia Forense
Terapia Sexual
Violência Sexual
 
  © Copyright 2001 - 2013 Portal NippoBrasil - Todos os direitos reservados
 
-