PORTAL NIPPO-BRASIL
 
Dúvidas de Sexo

 
 
Parceiros NJ
 
Espinhas
Valorize você mesmo e não deixe que uma espinha vire um problemão
Texto: Liliane Yoshino/NJ | Fotos: Divulgação

A fase da adolescência não é fácil. Muitas mudanças acontecem nesse período: tanto psicológicas quanto físicas. Um dos tormentos mais comuns entre os meninos e as meninas são as espinhas. Nas costas, no peito e mais comumente no rosto, elas aparecem sem aviso prévio e nos momentos mais indesejados. No dia da balada, de sair com os amigos ou de conhecer aquele gatinho(a).

Mas tenha calma! Também não é o fim do mundo. A fase dos apelidos, da vergonha e da vontade de sumir do mundo passa. O importante é saber como as espinhas surgem e como tratá-las.

E o que fazer quando a espinha atrapalha o cotidiano? As psicólogas do Núcleo Vida, Maria Lúcia Camões da Costa e Maria Ioko Otani, aconselham. "Procure dar valor a outros aspectos seus. Tente desenvolver a simpatia, a gentileza, o bom humor. Tudo isso irá torná-lo uma pessoa agradável e com quem todos querem conversar e as tais espinhas serão apenas um pequeno detalhe. Valorize também sua inteligência e cultura, e verá que esses valores estão em você e que nada poderá tirá-los. Vença as espinhas! Levante sua auto-estima percebendo que você é muito mais que elas".

Ahhhh!!! Uma espinha!!!
Sim, ela apareceu sem ser convidada. Isso acontece devido ao hormônio masculino conhecido como androgênio. Tanto os meninos quanto as meninas têm esse hormônio. O androgênio faz com que o nosso corpo produza mais sebo, o que acarreta a obstrução dos poros. Dessa forma, surgem os cravos e as espinhas.
Outra causa pode ser culpa dos seus pais. Sim, elas podem ser hereditárias. Porém, na maioria das vezes, a hereditariedade afeta mais os garotos do que as garotas.


Sai! Sai! Saaaaai!
Nada como limpar a pele de forma adequada para diminuir a probabilidade de surgirem as espinhas. O sabonete ideal depende de cada tipo de pele, por isso, é recomendável pedir ajuda de um dermatologista. Tome cuidado que existem graus diferentes de espinha. Antes de cutucar, espremer, passar cremes caseiros ou não, procure um médico para ele avaliar qual o procedimento adequado que você precisa.

Esclarecimentos...

• Não há comprovação científica de que o chocolate causa espinha. O que se sabe é que certas comidas ajuda para o aparecimento;

• Intestino preso e espinha? Não há uma relação direta entre eles;

• Lavar muitas vezes o rosto faz com que a pele fique mais oleosa e propícia para o nascimento da indesejada;

• Pode ficar sossegado que a acne e a espinha não são contagiosas;

• Os cravos não são seres vivos. Ou seja, eles não são bichos, nem vermes ou algo do tipo;

• Não fique debaixo do sol para secar as espinhas, pois, na verdade, o que vai acontecer é o aumento de oleosidade;

• Por causa dos hormônios, no período mestrual pode haver uma piora no quadro de espinhas e acnes.

 
  © Copyright 2001 - 2013 Portal NippoBrasil - Todos os direitos reservados