PORTAL NIPPO-BRASIL
 
Dúvidas de Sexo

 
 
Parceiros NJ
 
Obesidade
Saiba diferenciar o excesso de peso do excesso de preocupação
Texto: Francine Sayuri Shimizu/NJ | Fotos: Divulgação

Ver atores/atrizes e modelos na TV não é tarefa fácil, ainda mais se você está fora de forma. São dias de arrependimento por causa do chocolate, dietas de todos os tipos - desde sopas até produtos que prometem fazer milagres - e parece que nada adianta. Mas esse tipo de comparação deve ser abolido da sua vida, já que, na maioria das vezes, as beldades da TV são muito bem pagas para se preocuparem excessivamente com a aparência.

Outras pessoas têm predisposição genética para engordarem, o que significa que devem ter cuidados especiais com a saúde e alimentação. Mas ser gordinho(a) não é sinônimo de ser infeliz. Quem sofre com este mal deve enfrentá-lo da melhor forma possível, ainda mais porque, ao contrário de muitas doenças, a obesidade tem cura!

A mania de comparação é um problema que atinge principalmente as mulheres, mas há homens encanados também. Muitas pessoas têm o peso normal para a idade, mas se culpam e exigem ter o corpo igual ao de modelos, o que pode até levar à depressão. Portanto, não caia nessa armadilha, ou saia dela o quanto antes!

Aqui estão algumas dicas das psicólogas do Núcleo Vida, Maria Ioko Otani e Maria Lucia Camões da Costa, para você desencanar do peso:


Deixe de ser tão crítico(a) em relação a você mesmo(a)! A mídia impõe padrões que são, na maioria das vezes, inatingíveis;

A "ditadura da magreza" é algo ridículo, não existe motivo para você ter vergonha de si;

Cuidado com dietas malucas. Não caia em promessas mágicas de remédios para emagrecer;

A reeducação alimentar é o melhor e o mais saudável dos caminhos para quem quer ficar de bem com a balança!

E aqui estão outras para quem está gordinha/o
e precisa se cuidar mais:

Se você quiser atingir seus objetivos, tem que lutar por isso. Veja o que o(a) está impedindo: auto-estima baixa, depressão ou até acomodação;

Mesmo que você não esteja dentro dos padrões de beleza ditados pela moda, você tem muito mais que isso: beleza interior, inteligência, etc. Portanto, valorize e desenvolva suas qualidades!

Uma boa dica de atividade física é dançar, em vez de ficar em frente à TV ou computador. Caminhar também é ótimo para o físico e para conhecer outras pessoas. Convide os amigos para andarem por alguns quarteirões, parques ou praças, ao invés de irem ao shopping. Apresse a caminhada para ela funcionar.

Evite alimentos altamente calóricos e coma mais frutas e legumes;

Nós não somos o corpo que exibimos. Os aspectos da personalidade e nossa vida interior é que fazem toda a diferença! Quando uma pessoa está apaixonada pela outra, não importa se é alta ou baixa, magra ou gorda, o que importa mesmo é o amor;

Se você fez o teste de IMC e viu que está gordinho(a), vá a um médico especialista, fale sobre o que sente e quais suas expectativas. Ele irá lhe aconselhar da melhor forma possível;

Um obeso não é um coitadinho e não precisa ter pena dele próprio. Isso só piora a situação. Encare o problema sem desanimar, porque a obesidade tem cura!

Teste de obesidade
O Índice de Massa Corporal (IMC) é a forma mais recomendada e reconhecida internacionalmente pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para a avaliação de peso corporal. Calcule o seu IMC e veja se sua preocupação é realmente necessária

Utilize os campos abaixo para calcular o seu IMC:

kg

Digite seu peso (em Kg) Ex.: 80 kg

m

Digite sua altura (em m) Ex.: 1,80 m

Categoria
IMC
Abaixo do peso
Abaixo de 18,5
Peso normal
18,5 - 24,9
Sobrepeso
25,0 - 29,9
Obesidade Grau I
30,0 - 34,9
Obesidade Grau II
35,0 - 39,9
Obesidade Grau III
40,0 e acima

Seu IMC é de:

Kg/m2


Exemplo de como calcular o Índice de Massa Corporal (IMC):

80kg / 1,80m x 1,80m = 24,69 (Normal)

IMC =                Peso             
               (Altura X Altura)

  © Copyright 2001 - 2013 Portal NippoBrasil - Todos os direitos reservados