PORTAL NIPPO-BRASIL
 
Dúvidas de Sexo

 
 
Parceiros NJ
 
Kleber Tomita Ojima - Esportes - Beisebol


Dados

Apelido: Dawn
Data de nascimento: 04/12/1976
Signo: Sagitário
Profissão: Atleta de beisebol e fisioterapeuta
Onde nasceu: Campinas (SP)
Onde mora: São Paulo (SP)
Peso: 74 kg
Altura: 1,74 m

Curiosidades
Mania: Ler ou ver qualquer coisa relacionada a esportes
Coleção: De amigos
Adora: Comer bem
Odeia: Gente pessimista
Superstição: Meu número de uniforme 74, que uso desde que comecei a jogar
Filme inesquecível: For Love of the Game
Livro de cabeceira: A Regra do Jogo
Comida: Feijoada e rabada com polenta
Lugar: Praia
Medo: Ficar sozinho no mundo
Atriz: Whoopi Goldberg
Ator: Tom Hanks
Defeito: Desastrado e esquecido
Qualidade: Persistente
Sonho de consumo: Poder comer tudo que eu quiser na hora em que desejar
Site preferido: http://kleberojima.vilabol.uol.com.br/
Outros esportes preferidos: Golfe e futebol
País que mais gostou de conhecer: Cuba, mais precisamente em Holguin, a praia mais linda que eu já vi

Beisebol
Principais títulos:
-
Campeão sul-americano adulto 2005
- Hexacampeão da Taça Brasil adulto
- Bicampeão brasileiro adulto.

Principais premiações individuais:
-
Melhor arremessador (All Star Team) e arremessador com melhor média de vitórias da Copa do Mundo de Beisebol Adulto 2003
- Prêmio COB (Atleta do Ano Beisebol) 2003
- Três vezes melhor jogador e arremessador da Taça Brasil Adulto.

Rotina de treinos: Em média de 6 horas diárias com aquecimento, treino de fundamento, treino de arremessos, treino de defesa, treino tático, simulação de jogo, preparação física com corridas variadas e musculação.

Trajetória esportiva: Comecei aos sete anos de idade por influência do meu pai, Mario. Aos 16, me transferi para Mogi das Cruzes, onde joguei por dez anos e conquistei a maioria dos meus títulos nacionais. Em 2003, joguei um período no Mitsubishi Hiroshima do Japão e, em 2004 e 200,7 no Macoto Cobras, de Taiwan. Em 2005 e 2006, defendi a equipe do São Paulo.

Momento mais marcante: Brasil 2x1 Holanda, na Copa do Mundo de 2003, jogo que praticamente garantiu o Brasil entre os 8 melhores times do planeta!

Momento crítico: O pós-cirúrgico em 2004/05. Em alguns momentos pensei que não teria mais condições de voltar a jogar.

Sacrifícios do atleta de alto nível: Não ter a mesma vida social da maioria das pessoas, manter um bom condicionamento físico diáriamente e estar sempre focado nos seus objetivos.

Dicas para iniciantes: Tenho uma frase do Shinyashiki que resume o que eu acredito: "Quando lhe disserem que alguma coisa em que você acredita é impossível, tenha paciência. Talvez essas pessoas não saibam realmente que a vida é o eterno ato de transformar o impossível em realidade!"


  © Copyright 2001 - 2013 Portal NippoBrasil - Todos os direitos reservados
 
-