PORTAL NIPPO-BRASIL
 
Dúvidas de Sexo

 
 
Parceiros NJ
 
Hugo Hoyama

Dados
Apelido: Mr. Magoo (pelos 7,5 e 8,5 graus dos meus óculos )
Contato: www.hugohoyama.com.br
Primaveras: 35
Signo: Touro
Profissão: Atleta
Onde nasceu: São Bernardo do Campo
Onde mora: São Bernardo do Campo

Curiosidades
Mania: Não tenho
Coleção: Camisas do Palmeiras (não tantas, mas...)
Adora: Família, namorada, amigos
Odeia: Mentiras
Superstição: Não tenho
Filme inesquecível: O Exorcista (muito medo...assisti pela 1a vez quando tinha uns 12 anos, fiquei com trauma!)
Livro de cabeceira: não tenho
Comida: Feijoada, sushi e sashimi
Lugar: Minha casa
Medo: Não poder fazer o que mais gosto e sei, que é jogar tênis de mesa, não enquanto estiver apto (contusão, acidente, etc...)

Tênis de mesa
Trajetória esportiva:
Comecei aos sete anos. Sob a supervisão do técnico Maurício Kobayashi, treinei diariamente oito horas seguidas, por quase 10 anos.

Principais títulos: Recordista de medalhas (nove de ouro) em Jogos Pan-Americanos, hexacampeão Latino-Americano, tetracampeão Sul-Americano, campeão mundial de equipes da 2ª divisão, participei de quatro Olimpíadas.

Momento mais marcante: O mais gratificante até hoje no tênis de mesa foi ter dado todas essas alegrias aos meus pais. Não existe alegria maior de ver aquelas pessoas que te apóiam desde pequeno, que amam você, contentes.

Momento crítico: Enfrentei ao menos duas vezes momentos críticos: em 1996, quando fiquei em 9º lugar na Olimpíada de Atlanta. Com esse resultado fui convidado a jogar por um clube na Suécia e não correspondi às expectativas de todos, e principalmente às minhas. Outro foi em 2001, quando contundi o tornozelo, pulso e ombro. Permaneci quatro meses sem poder treinar normalmente, um ano sem disputar torneios internacionais e caí no ranking mundial. Estava em 72º lugar em julho de 2001, e um ano depois, em 112º lugar.

Outros esportes preferidos: Gosto de tênis de campo e futebol, mas jogo pouco para me poupar, já que é perigoso me machucar.

Sacrifício de atleta: Se saio e fico até 4 horas da manhã, são dois ou três dias cansado. Por isso, evito o máximo para poder treinar bem no dia seguinte. Vale a pena, não invejo a molecada. Afinal, deixei muitas vezes de sair para estar aqui hoje e jogar mais um Pan-Americano. Tenho certeza que 90% dos atletas perderam muito de sua adolescência para vencer no esporte.

Dica para iniciantes: Colocar sempre objetivos e treinar para poder alcançá-los.

  © Copyright 2001 - 2013 Portal NippoBrasil - Todos os direitos reservados
 
-