PORTAL NIPPO-BRASIL
 
Dúvidas de Sexo

 
 
Parceiros NJ
 

Dados
Nome completo: Caren Utino
Data de nascimento: 08/08/80
Signo: Leão com ascendente em Aquário
Profissão: Atriz
Onde nasceu: São Paulo - SP
Onde mora: São Paulo

Curiosidades: Sou super alérgica, tenho que tomar cuidado sempre.
Mania: Checar o notebook logo que acordo.
Coleção: Livros.
Adora: Família, artes e viagens. Natureza e animais também!
Odeia: Inveja, maldade e ócio.
Superstição: Evito ter pensamentos negativos para não atrair coisas ruins.
Filme inesquecível: Tem uma lista imensa de filmes inesquecíveis, mas então posso citar o primeiro filme inesquecível? Goonies na década de 80!
Livro de cabeceira: Depende, cada semana ou mês tem um diferente. No meu aniversário ganhei uns 15 livros!
Comida: Culinária vegetariana oriental como a japonesa, indiana, tailandesa, chinesa.
Lugar: Já morei na Ásia, visitei vários países, mas o Brasil sempre vai ser meu lugar preferido. Eu gosto de estar onde as pessoas que eu amo estão.
Medo: De ficar doente e dar trabalho para os outros ou de esquecer tudo e todos.
Atriz: Não consigo citar a atriz, mas o trabalho que ela fez ou os papéis femininos dos quais eu mais gostei. Como a Maggie Fitzgerald e Teena Brandon de Hilary Swank, a Francesca Johnson de Meryl Streep e até a Selma Jezkova da cantora Björk, por exemplo.
Ator: Gostei do Coringa do Heath Ledger, o autista Raymond de Dustin Hoffman, o Bruno Mezenga/Antônio Mezenga do Antônio Fagundes e por aí vai...
Defeito: Ansiosa e perfeccionista, o que pode ser considerado muito chato para outras pessoas.
Qualidade: Bom senso e otimismo.
Sonho: São muitos e vou realizando um por um! Ser mãe é um deles.

Segredos de beleza
Rosto: Faço o ritual que toda mulher conhece: lavar, tonificar e hidratar. Protetor solar sempre. E apenas com produtos receitados pela minha dermatologista.
Cabelo: Nada fora do comum, lavo com xampu e hidrato com condicionador. Não pinto nem faço nenhuma química. Corto com meu irmão ou com meu amigo Jonny.
Corpo: Academia 3x por semana, esfoliação uma vez por semana, hidratante todos os dias.
Roupa: Gosto de roupas que me fazem sentir bem e bonita. Gosto de qualidade, mas não ligo para marcas.

1- Você sempre sonhou em ser atriz?
Não, eu sempre quis ser publicitária e decidi a minha profissão aos 12 anos de idade. Entrei na faculdade com 17 anos, me formei, fiz estágios em empresas na área de marketing e trabalhei em agências de publicidade por alguns anos. A carreira de modelo andava paralela, mas não era minha prioridade. Tive contato com interpretação pela primeira vez aos 19 anos, com o filme “Minha noiva é uma megera” e adorei a experiência, fiquei apaixonada pela arte de atuar. Decidi abandonar a carreira de publicitária com 23 anos e seguir atrás desse outro sonho, ser atriz. Fui atrás de cursos profissionalizantes de Artes Cênicas e começar do zero com uma nova profissão.

2- Atualmente, você possui duas carreiras, de atriz e modelo. É possível conciliar as duas? Existe uma preferida?
Sim, é possível, porque as duas carreiras estão de certa forma, intercaladas. Muita modelo faz trabalho de atriz e muita atriz faz trabalho de modelo. Quando estou fazendo algum trabalho como atriz que exija mais do meu tempo (ensaios, provas de cabelo e maquiagem, filmagens, etc) tento acertar as agendas e encaixar tudo. E se não der, escolho o de atriz. A carreira de atriz é com certeza a minha preferida!

3- Você participou como atriz do curta "Satori Uso". Como foi essa experiência?
Eu já tinha participado de um longa-metragem e de outros curtas-metragens antes de Satori Uso, mas definitivamente, Satori foi um marco na minha carreira. Nunca imaginei a projeção que teria na mídia e o reconhecimento das pessoas. É uma obra de arte do Rodrigo Grota, do Carlos Ebert e de todos da Kinoarte. Aprendi muito com todos eles.

4- Você pretende participar de longas-metragens?
Sim, acho que o cinema nacional está crescendo cada vez mais e torço para surgirem novas oportunidades para mim e para outros atores nikkeis.

5- Qual seu grande sonho dentro da carreira artística?
Eu já fiz peças de teatro, comerciais de TV, curtas-metragens, pequenas participações em programas e novelas... Mas ainda quero fazer muito cinema, que é minha grande paixão e também explorar um pouco mais a televisão, fazendo uma minissérie ou uma novela.

6- Há poucos atores nikkeis ou não há papéis para eles desempenharem?
Na televisão, o grande problema de formar núcleos nikkeis é a falta de atores qualificados sim, mas também o fato de que as pessoas ainda não enxergam os nikkeis como brasileiros que somos. Eu sempre ouço que não há papel para mim, porque não há papel para uma oriental na novela ou filme. Mas por que um ator nikkei só pode ser o pasteleiro, feirante ou dono de lavanderia? Por que a nikkei tem que ser uma gueixa e usar kimono ou saber lutar caratê? Nos EUA isso já mudou, podemos ver americanos descendentes de chineses atuando como médicos, empresários, donas de casa, ou seja, cidadãos comuns americanos... Ainda existe muito preconceito no Brasil, infelizmente.

  © Copyright 2001 - 2013 Portal NippoBrasil - Todos os direitos reservados
 
-