PORTAL NIPPO-BRASIL
 
Dúvidas de Sexo

 
 
Parceiros NJ
 

Dados
Data de Nascimento: 08 de julho
Signo: câncer
Profissão: bodyboarder
Onde nasceu: Itanhaém, SP
Onde mora: atualmente em Itanhaém

Principais títulos: tetra-campeã paulista, vice-campeã latino americana e atual campeã da Copa Rio
Curiosidades: amo artes gráficas, sempre que posso crio alguma arte.
Mania: tirar foto de tudo e de todos!
Coleção: biquinis
Adora: maquiagem
Odeia: ficar muito tempo no mesmo lugar (sem viajar).
Superstição: não tenho nenhuma, mas não passo em cima de macumba!
Filme inesquecível: nenhum em especial.
Livro de cabiceira: Bíblia.
Comida: Sushi!!!
Lugar: Rio de Janeiro.
Medo: de relâmpago.
Atriz: Heloisa Perissé
Ator: Matheus Nachtergaele
Defeito: dormir tarde
Qualidade: criatividade
Sonho: fazer uma viagem de volta ao mundo

Segredos de beleza
Rosto: protetor solar fps acima de 50
Cabelo: hidratação toda semana
Corpo: surfar!
Roupa: confortável

 
Entrevista
1- Como surgiu seu interesse pelo bodyboarding?
Eu sempre acompanhei meu pai nos torneios de pesca e treinos, mas nunca tive muita paciência de ficar na areia. Um dia eu assisti uma reportagem que falava sobre bodyboarding e me apaixonei pelo esporte à primeira vista.

2- Você também iniciou a carreira de modelo. Está sendo muito difícil levar as duas profissões?
Eu não sou modelo profissional, mas quando preciso fazer fotos tomo uns puxões de orelha, pois sempre estou bem bronzeada, o que dificulta a maquiagem e meus cabelos vivem danificados por causa da água do mar.

3- O Brasil dá muito destaque na imprensa ao futebol e pouco aos demais esportes. Isso prejudica os atletas de outras modalidades a arrumarem patrocínio?
Sim, com certeza! O Brasil tem grandes talentos em diversos esportes. É muito esforço e dedicação para pouco reconhecimento. Por melhor que o atleta seja, se ele não está na mídia dificilmente ele vai conseguir um bom patrocinador. Muitos atletas acabam desistindo de competir e o Brasil perde muito com isso.

4- Por conta de estar no mundo do bodyboarding, você deve ter conhecido muitas praias. Qual você destacaria como a mais bonita?
Sim, graças à Deus eu já conheci muitos lugares maravilhosos, verdadeiros paraísos. Cada praia tem sua beleza, mas eu não poderia deixar de citar as praias do Hawaii, com suas ondas perfeitas e um pôr do sol inesquecível, como a praia de Waimea Bay na ilha de Oahu. Aqui no Brasil temos a praia da Cacimba do Padre, em Fernando de Noronha. E uma praia mais próxima que é muito charmosa é Joatinga, localizada dentro de um condomínio na cidade do Rio de Janeiro.

5- Existe espaço para os nikkeis participarem do esporte? Muitos praticam o bodyboarding?
Os descendentes de japonês têm grandes habilidades, como a agilidade e o equilíbrio, que são fundamentais para esse esporte. Temos várias atletas nikkeis dentro do bodyboarding, como Desireé Kinashi, Alexandra Kagaya, Francis Aoto, entre outras.

6- O que você espera de 2009?
Quero continuar competindo aqui no Brasil, e também algumas etapas do circuito mundial. Também quero fazer viagens para lugares que eu ainda não conheço para surfar e fazer matéria para continuar divulgando o bodyboarding.

7- Qual mensagem você deixaria pra quem pretende seguir o esporte?
O bodyboarding é um esporte completo. Ótimo para o corpo e para a mente. No começo tem que ter um pouco de paciência e ser persistente. O treino leva à perfeição. A sensação de dropar uma onda, de completar uma manobra, é algo indescritível. Só mesmo surfando para entender essa emoção. Mas não se esqueçam: cada um tem o seu próprio limite! Boas ondas!

  © Copyright 2001 - 2013 Portal NippoBrasil - Todos os direitos reservados
 
-