PORTAL NIPPO-BRASIL
 
Dúvidas de Sexo

 
 
Parceiros NJ
 
Luiz Shinohara - técnico de judô da seleção brasileira
"Para a prática do judô, seguir a cultura japonesa é fundamental."

Nome: Luiz Junite Shinohara
Apelido: Jun
Contato: shinoharajudo@yahoo.com.br
Data de nascimento: 29/08/1954
Signo: Virgem
Profissão: Judoca
Onde nasceu: Embu das Artes (SP)
Onde mora: São Paulo

Curiosidades

Adora: Dar aulas
Odeia: Mentiras
Filme inesquecível: O Júri
Livro de cabeceira: O Júri
Comida: Japonesa
Lugar: Litoral
Medo: Estrada
Ídolo: Aurélio Miguel
Defeito: Dormir muito
Qualidade: Perseverança

Nippo-Jovem: Como é viver do judô no Brasil?
Luiz Shinohara:
O judô brasileiro tem ganhado credibilidade. Após as vitórias (só no ano passados foram seis medalhas de ouro no masculino nos Jogos Pan-Americanos Rio, quatro medalhas no campeonato Mundial, realizado na Arena Multiuso, no Rio, e o vice-campeonato mundial por equipes, obtido na China) conseguimos dar condições para o atleta acreditar que ele pode vencer e com isso vem os resultados positivos. Todo esse trabalho é realizado por um grupo extremamente disciplinado.

NJ: Quando jovem, como decidiu que gostaria de seguir a carreira de judoca? Seus pais o apoiaram?
Shinohara:
Com cinco anos comecei a fazer judô e aos 17 anos já estava na seleção brasileira. Então, decidi que era isso que queria para a minha vida. Em relação aos pais, acredito que na minha época, eles apoiavam muito mais. Hoje em dia, não vejo os pais incentivando muito os filhos a seguirem na carreira esportiva.

NJ: Você chegou a fazer faculdade?
Shinohara:
Não fiz faculdade. Cheguei até o 2º ano de Educação Física e acabei parando por causa dos treinamentos e das viagens. Mas, apesar disso, acho que é possível conciliar o esporte com os estudos.

NJ: A sua vida hoje é dedicada exclusivamente ao judô, ou tem outro trabalho paralelo? E no passado? Trabalhou em outra área?
Shinohara:
As minhas atividades sempre estão relacionadas com o judô. Quando não estou na seleção, vou para a academia que era do meu pai (Massao Shinohara é um dos maiores judocas da história do país e treinou o medalhista olímpico Aurélio Miguel).

NJ: Qual a importância da cultura japonesa em sua vida?
Shinohara:
Para a prática do judô, seguir a cultura japonesa é fundamental. Os nossos atletas assumiram um pouco dessa cultura. Toda a essência dessa modalidade vem do Japão, desde a disciplina até a filosofia utilizada. As relações, pelo menos comigo, sempre foram muito boas. Nunca me senti prejudicado por ser descendente.

  © Copyright 2001 - 2013 Portal NippoBrasil - Todos os direitos reservados
 
-